A fundação de Guarulhos e a Igreja Católica

Posted by:

O Código de Direito Canônico rege todas as atividades da Igreja Católica. A Diocese de Guarulhos foi criada pelo Papa João Paulo II, através da Bula “Plane Intelligitur”, em 30 de janeiro de 1981, portanto há 27 anos. O Revmo. Dom Luiz Gonzaga Bergonzini, que está comemorando o Jubileu de Ouro de sua Ordenação Sacerdotal, foi nomeado Bispo Diocesano em 04 de dezembro de 1991, também pelo Papa João Paulo II.

Os Bispos Diocesanos têm competências legislativas, executivas e judiciárias, que lhes são conferidas pelo Código de Direito Canônico. Dentro de sua competência, Dom Luiz vem editando decretos desde quando assumiu a Diocese, para regulamentar os setores pastorais e temporais. Mais recentemente, Dom Luiz resolveu regularizar todas as Capelas e Igrejas de Guarulhos e passou a editar decretos com essa finalidade.

Decretos já reconheceram e regularizaram as Capelas: São Judas Tadeu, Vila Rio e Janeiro; Santa Terezinha, Jardim da Mamãe; Nossa Senhora Aparecida Aparecida, Jardim Izildinha; Santo Afonso, Jardim Santo Afonso; São Judas Tadeu, Jardim Maria Alice; São Pedro Apóstolo, Jardim Angélica II; Nossa Senhora de Guadalupe, Jardim Brasil; São José, Jardim Centenário; São José Operário, Jardim Otawa; Santa Edwiges, Jardim Paraventi e São Mateus, Jardim Adriana. Um decreto de especial significado foi editado e promulgado no dia 08 de dezembro de 2008, na Missa de Aniversário de Guarulhos.

Na presença de todas as autoridades civis, militares e religiosas, e do povo católicas presentes, Dom Luiz reconheceu a data da fundação da Cidade, que aconteceu com a criação da Capela de Nossa Senhora da Conceição. A Cidade de Guarulhos nasceu de um ato religioso, que foi a criação e instalação de uma Capela em Louvor a Nossa Senhora da Conceição.

O Padre Jesuíta Manoel de Paiva, em 08 de dezembro de 1560, juntamente com os Índios Guarus, da tribo dos Guaianases, integrantes da Nação Tupi, ergueram a Capela, que se tornou o marco da fundação de Guarulhos.

Guarulhos surgiu com a Igreja Católica e Nossa Senhora da Conceição é a PADROEIRA DA CIDADE. Em 08 de dezembro de 1685, há 323 anos, a Capela foi elevada a Paróquia Nossa Senhora da Conceição. Em 30 de janeiro de 1981, pela mesma Bula “Plane Intelligitur”, o Papa João Paulo II resolveu transformar a Paróquia em CATEDRAL NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO DE GUARULHOS.

Com o Decreto Episcopal de Reconhecimento da Data da Fundação de Guarulhos, a Catedral da Padroeira, marco inicial e determinante da existência da cidade, agora, está canonicamente reconhecida, desde o primeiro dia de sua criação e instalação, há 448 anos, e demonstra a importância da Igreja Católica na vida da Cidade de Guarulhos.

 

 

Artigo publicado na Folha Diocesana, em 02/2009.

 

João Carlos Biagini

Advogado; Membro da UJUCASP e Jornalista.

0

Add a Comment